Home Office – EBook

Home Office – EBook

Navegue por tópicos

Precisando de advogado?

Preencha o formulário abaixo e receba nosso contato

Navegue por tópicos

A sua empresa está realmente preparada para implementar o Home Office? 

Vem aí o Ebook do BGT Advogados, trazendo tudo que você precisa saber sobre as melhores práticas de política interna de Home Office para sua empresa. 

A tendência do mercado em adotar o trabalho remoto já era consistente, mas foi subitamente acelerada pela pandemia de Covid-19. Neste período, diversas empresas implementaram o trabalho remoto definitivamente ou por tempo indeterminado. Outras, ainda, prevêem um formato híbrido após a pandemia. Contudo, nem todas as empresas estão plenamente cientes da importância de implementar uma política de home office completa e eficaz, que atenda aos requisitos trabalhistas. 

Fato é que não há previsão para o término da pandemia, e mesmo que houvesse, um número considerável de empresas se adaptou com êxito ao novo modelo de trabalho. Por isso, pretendem estender o trabalho remoto por tempo indeterminado. De qualquer forma, passados meses desde o início da pandemia, as justificativas para a manutenção de uma estrutura precária de home office, instalada no susto do estado de calamidade sanitária, vão desaparecendo. 

Nesse sentido, é importante colocar luz no problema que grande parte do mundo corporativo tem enfrentado: a implementação de políticas internas de home office capazes de regrar as relações entre empresa e empregados de forma efetiva e satisfazendo os anseios e necessidades de ambos. 

É comum ouvirmos queixas a respeito de prejuízos em termos de saúde mental, ocasionados pela sobrecarga de trabalho em casa. Por outro lado, as empresas se preocupam com a integridade das informações que são concedidas remotamente aos seus funcionários. Além disso, geralmente não são estabelecidos os critérios de supervisão, de estrutura necessária, de responsabilidades e obrigações. Estes são apenas alguns dos problemas levantados diante da ausência de uma política clara. E sempre que há ausência de diálogo e consenso a respeito das normas de determinado regime de trabalho, surge a possibilidade de conflitos. 

Portanto, a adoção de uma política interna de home office que trate com completude os seus aspectos essenciais, bem como a elaboração de termos de adesão, termos de responsabilidade e cartilhas de ergonomia mostram-se essenciais para que haja a implementação de sucesso do home office nas organizações.

Tendo em vista a necessidade de diversos clientes em estabelecer normas e implementar políticas internas de home office para as empresas que optam pelo trabalho remoto, ainda que parcialmente, Bertoncini, Gouvêa & Tissot Advogados elaborou um rico ebook para auxiliar empresas, empreendedores e empregados a verificarem as melhores práticas para que, harmonicamente, as relações de trabalho não redundem em prejuízos, monetários ou não, aos trabalhadores e aos empregadores. 

O Ebook será lançado nas próximas semanas, e estará acessível a todos de forma gratuita. Inscreva-se abaixo para recebê-lo em primeira mão e comece a transformação em sua empresa. 

[vc_column width=”1/3″] Formulário EBook BGT Advogados [contact-form-7 id=”1252″ html_class=”cf7_custom_style_1″][vc_empty_space][/vc_column][vc_column width=”1/3″]

Advogado (OAB 51419/SC). Sócio de Bertoncini, Gouvêa & Tissot Advogados, onde atua nas áreas de Direito Bancário, Direito Empresarial, Direito dos Contratos, Responsabilidade Civil e Direito do Consumidor. Mestre em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Pós-graduado em Direito Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV/SP). Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Vice-Presidente da Comissão de Direito Bancário da OAB/SC. Desenvolve pesquisa nas áreas de Direito Empresarial, Direito do Consumidor e Direito Civil.
Advogado (OAB 51419/SC). Sócio de Bertoncini, Gouvêa & Tissot Advogados, onde atua nas áreas de Direito Bancário, Direito Empresarial, Direito dos Contratos, Responsabilidade Civil e Direito do Consumidor. Mestre em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Pós-graduado em Direito Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV/SP). Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Vice-Presidente da Comissão de Direito Bancário da OAB/SC. Desenvolve pesquisa nas áreas de Direito Empresarial, Direito do Consumidor e Direito Civil.

Deixe sua opinião

Qual sua opinião sobre o assunto? Escreva abaixo e vamos debater sobre o assunto.

{{ reviewsTotal }}{{ options.labels.singularReviewCountLabel }}
{{ reviewsTotal }}{{ options.labels.pluralReviewCountLabel }}
{{ options.labels.newReviewButton }}
{{ userData.canReview.message }}
Receba semanalmente, alertas de novas publicações e fique por dentro dos seus direitos.

Ao se cadastrar você declara que leu e aceitou a política de privacidade e cookies do

plugins premium WordPress

O que você procura?